Jorge Jesus, o perito em despedir treinadores

O Flamengo de Jorge Jesus derrotou, neste domingo, o Palmeiras, segundo classificado do campeonato, por 3-1, o que levou ao despedimento de Mano Menezes, técnico brasileiro. Este é já o quarto treinador a ser despedido após perder com Jorge Jesus.

A derrota deu assim por terminada a ligação do técnico ao Palmeiras, que estava no clube há menos de um ano. Antes disso, havia estado três temporadas no comando do Cruzeiro.

Contudo, Mano Menezes já não é a primeira “vítima” de Jorge Jesus desde que chegou ao Brasil. Isto porque já se está a tornar um hábito técnicos serem despedidos dos seus cargos após perderem com o treinador português. Scolari (Palmeiras, 1 setembro), Carille (Corinthians, 3 novembro) e Adilson Batista (Ceará, 27 novembro), foram os outros técnicos a serem alvo das vitórias de Jorge Jesus.

Francisco Carvalho

Desde tenra idade que duas paixões me cativaram, desporto e a escrita, sendo a sua união o cenário ideal. Cedo percebi que com esforço e dedicação poderia juntar uma paixão a uma profissão, sendo o jornalismo a resposta. Numa geração onde a banalização e a desvalorização da informação são recorrentes, quero mostrar a relevância do mundo jornalístico em toda esta sociedade cativante que nos rodeia.