Quem te viu e quem te vê: Naby Sarr

Na rubrica “Quem te viu e quem te vê” desta semana relembramos Naby Sarr, o ex-central francês do Sporting.

Lembra-se da jovem promessa Mouhamadou-Naby Sarr que chegou ao Sporting com apenas 20 anos? Afinal onde anda Naby Sarr, que na época 2014/2015 esteve ao serviço do clube de Alvalade.

Na altura o Sporting gastou um milhão de euros pelo central formado no Lyon. Depois de duas épocas no escalão máximo do Lyon, onde fez apenas cinco jogos e um golo, o defesa rumou a Lisboa para vestir a camisola de leão ao peito.

Com uma cláusula de rescisão de 45 milhões de euros, o clube leonino via que o esquerdino tinha potencial para crescer e ganhar experiência enquanto jogador. A verdade é que Naby Sarr não correspondeu às expectativas, e além disso tinha já concorrência dos jovens da casa.

Em primeiro lugar começou na equipa B do Sporting, mas rapidamente subiu ao plantel principal. Contudo era difícil jogar. Na equipa principal do clube leonino fez 18 jogos e apontou um golo, curiosamente na Liga dos Campeões, num confronto frente ao Schalke 04, em que o Sporting comandado por Marco Silva venceu por 4-2. O central igualou o marcador aos 26 minutos de cabeça após um livre. Ao longo dos 19 jogos fez 1669 minutos pelo Sporting. Enquanto esteve em Portugal ganhou a Taça de Portugal. Contudo, o central não esteve à altura e na época a seguir saiu de Alvalade.

E então por onde anda o jovem promissor? Neste momento Naby Sarr representa o Charlton Athletic, da terceira divisão do futebol inglês. O Sporting conseguiu facturar dois milhões de euros com o central.

Na primeira época ao serviço do clube inglês, Naby Sarr foi emprestado ao Red Star 93 de França, onde fez 23 jogos e dois golos. Logo a seguir voltou para Inglaterra e as suas prestações melhoraram. Na última época fez 44 jogos e apontou três golos pelo clube inglês.

Contudo, Naby Sarr ficou aquém das expectativas que o Sporting tinha do central e mostrou-se não estar à altura nem ter a maturidade necessária para estar numa liga melhor. O que prometia ter um grande futuro, na verdade, tornou-se num fracasso.

João Marques

Nasci nos Açores, mais propriamente na Ilha Terceira. Actualmente estou a estudar Ciências da Comunicação na NOVA FCSH. O desporto nasceu comigo e a paixão pelas letras já vem desde tenra idade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.