Rui Vitória: “Ferreyra não é uma carta fora do baralho”

Na conferência de imprensa de antevisão ao encontro com o Vitória de Setúbal, Rui Vitória reiterou a importância de Facundo Ferreyra no plantel encarnado. Não comentou também a transferência de Luiz Phellype.

“Não é uma carta fora do baralho, não há nenhuma nesta equipa. Qualquer um pode ser chamado a qualquer altura Simplesmente tenho de escolher os jogadores, neste caso há quatro avançados, costumamos levar três na convocatória e um fica de fora”, explicou o treinador do Benfica.

Questionado ainda sobre a possível transferência de Luiz Phellype, avançado do Paços de Ferreira, o treinador não quis comentar esse caso em concreto e disse que “ainda é cedo e em janeiro pensaremos nisso”.

David Silva

Lourinhanense de gema, é estudante de Ciências da Comunicação na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas. Tem como hobby a escrita, e como paixão o futebol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.