Sporting e Arsenal a zeros no Norte de Londres

O Sporting Clube de Portugal saiu de Inglaterra com um empate sem golos frente ao Arsenal, em jogo a contar para a quarta ronda da fase de grupos da Liga Europa. A equipa inglesa já garantiu a passagem à próxima fase na competição europeia, com 10 pontos. Os leões somam agora 7 pontos, no grupo E, e estão a uma vitória de conseguir o apuramento.

Logo antes da partida, novidades no onze leonino: Miguel Luís, médio de apenas 19 anos, perfilou no onze inicial, estreando-se na equipa principal do Sporting. Acunã foi o lateral esquerdo e Bas Dost começou no banco. Do lado da equipa inglesa, Unay Emery promoveu várias mudanças: destaque para o guardião Petr Cech, que regressou à titularidade.

Um jogo bastante “moderado”, com poucas oportunidades claras para ambos os lados. Mais domínio para a equipa da casa, e um Sporting com um apoio de mais de cinco mil adeptos. Mas vamos por partes.

A primeira parte da partida foi calma. O Arsenal tinha mais posse de bola mas foram escassas as oportunidades claras de golo. Nuns primeiros 45 minutos praticamente sem incidências, destaque para a lesão de Wellbeck, sofrida aos 26 minutos. O jogador do Arsenal saiu mesmo de maca e foi substituído pelo gabonês Aubameyang.

O intervalo chegou, e aceitava-se o nulo no marcador. Uma primeira parte sem oportunidades, com os gunners a dominar e um Sporting com dificuldades em assumir o jogo.

A segunda parte começou com uma oportunidade clara para o Arsenal. Após cruzamento de Mkhitaryan, Aubameyang remata dentro da área mas a bola saiu demasiado por cima. O Arsenal ameaçava e mostrava que queria vencer o jogo.

Os gunners pressionavam e obrigaram o Sporting a recuar. Destaque para o bom desempenho defensivo da equipa treinada por Tiago Fernandes em toda a partida. Com a equipa inglesa bastante subida, o Sporting aproveitava alguns lances de velocidade no espaço vazio deixado no meio campo adversário, mas faltou lucidez e maior definição.

Aos 68 minutos, Tiago Fernandes lançou Bas Dost, que substituiu Montero, mas as oportunidades do “gigante holandês” se mostrar foram poucas ou nenhumas. Até ao fim da partida, a bola quase não chegou perto da baliza de Petr Cech. Continuava a pressionar o Arsenal, por vezes também sem a necessária definição para resolver a partida.

Os minutos finais foram de sofrimento para os leões. Aos 87 minutos, Mathieu é admoestado com a cartolina vermelha, ao travar Aubameyang num lance em que seguia isolado e com perigo para a baliza defendida por Renan. O livre, cobrado pelo próprio gabonês, não teve qualquer perigo para os leões.

Terminava a partida. Empate a zero no Norte de Londres. Depois da vitória no terreno do Santa Clara, Tiago Fernandes, que assumiu o comando técnico do clube de Alvalade interinamente, consegue um ponto importante frente ao Arsenal. Os leões estão a uma vitória de conseguir o apuramento para os 16 avos da Liga Europa. Na próxima jornada, a 29 de novembro, o Sporting defronta fora o Qarabağ. Os gunners, com 10 pontos e em primeiro lugar do grupo, garantiram esta noite a passagem à fase a eliminar da prova.

Rui Casanova

Sou natural de Portalegre e resido em Lisboa, onde estudo Ciências da Comunicação na NOVA-FCSH. O Futebol está no sangue da minha família desde sempre e materializo a paixão pelo desporto rei através da escrita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.