Sub-21: hoje é o “Dia D”. O que é preciso acontecer para Portugal ir ao Europeu?

Hoje é dia de decisões na qualificação para o Europeu de sub-21. Portugal, como deve ser sempre, espera estar nessa fase final, se bem que vai ter que fazer muitas contas.

A seleção orientada por Rui Jorge entra em campo para defrontar a Bósnia e Herzegovina, e uma vitória pode não ser suficiente para a equipa lusa conseguir a qualificação para o Europeu.

Para a seleção portuguesa, a possibilidade de fechar o grupo em primeiro já não existe. A hipótese que resta é ser um dos quatro melhores segundos classificados, transitando depois para o play-off, de onde sairão os últimos dois tripulantes da fase final da prova.

Se tudo acabasse agora, a seleção das quinas ficaria pelo caminho. Nas contas dos atuais segundos classificados, a Grécia já garantiu a qualificação para o play-off, o que quer dizer que ficam a faltar três vagas.

Então, que é preciso? A turma de Rui Jorge tem de ganhar, sim, mas de preferência por muitos golos. Desta maneira, será igualmente importante que noutros jogos de outros grupos hajam resultados favoráveis à situação portuguesa.

As esperanças estão nos jogos do grupo 6 e 7, partidas cujo resultado final já se saberá nos primeiros minutos do jogo na Madeira.

A “estrelinha” não pode faltar.

A luta pelos melhores segundos.

Ricardo Oliveira

Oriundo da mesma terra do melhor jogador do mundo, a paixão pelo futebol não podia ser maior. Atualmente a tirar a licenciatura em Ciências da Comunicação na FCSH, gosta de escrever e está sempre de braços abertos a novos projetos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.