Bruno em grande na primeira vitória de Varandas

No primeiro jogo de Frederico Varandas como presidente, o Sporting recebeu o Marítimo, em jogo a contar para a Allianz Cup. Os leões levaram a melhor sobre os insulares e venceram a partida por 3-1.

O Sporting começou melhor e, logo aos 3 minutos, Raphinha rematou à malha lateral após cruzamento de Jefferson. Passados exatamente 8 minutos, Raphinha voltou a criar perigo: Bruno Fernandes “picou” a bola, Montero amorteceu e o ex-vitoriano, com um remate acrobático, não conseguiu dar a melhor conclusão à jogada. Mas, como à terceira é de vez, o brasileiro não desperdiçou e atirou a contar no frente a frente com Charles à passagem do minuto 23.

Até final da primeira parte, o Sporting ainda criou mais um par de oportunidades mas que acabaram por não levar perigo à baliza dos maritimistas.

Esperava-se uma melhor segunda parte dos visitantes, que pouco ou nada haviam criado na primeira metade. E foi isso que aconteceu: Aos 49′, Jean Cleber não conseguiu finalizar quando só existia Salin entre ele e as redes. Mas, aos 52 minutos, acontecia o lance do jogo. Jovane acelerou pela esquerda e o árbitro assinalou um suposto penálti, que foi convertido por Bruno Fernandes. Instantes após o golo da equipa da casa, Correa ameaçou com um remate de fora de área, defendido para canto por Salin e, 2 minutos volvidos, foi o argentino que reduziu o marcador através de um belo remate.

Se o golo dava esperanças aos visitantes, coube a Bruno Fernandes desfazê-las, com um belo remate colocado aos 63 minutos.

Antes do final, Lucas Africo ainda conseguiu ver o cartão vermelho por uma entrada duríssima sobre Wendel que ficou muito maltratado.

O Sporting acaba por ser um justo vencedor num bom jogo de futebol.

João Ferreira

Um jovem apaixonado por futebol que encontrou neste projeto a essência do seu verdadeiro amor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.