Festa das visitas: a 8ª rodada do Brasileirão

O Atlético-PR foi o último time a conseguir vencer no Campeonato Brasileiro de 2017. Demorou sete rodadas para conseguir seus primeiros três pontos, quando já amargava a lanterna e ouvia incansáveis insultos da torcida. Ao fim da oitava, contudo, é o único time que pode comemorar uma segunda vitória seguida depois de bater o xará goiano por 1-0 fora de casa.

E o resultado conseguido pelo Furacão virou moda na oitava rodada do Brasileirão. Foram cinco vitórias de visitantes em dez jogos, sendo que apenas um mandante conseguiu os três pontos – o Vasco, que venceu o Avaí e jogou os catarinenses para o fundo da tabela.

O Fluminense poderia ter se juntado na lista de mandantes vencedores se não fosse pelo gol sofrido aos 48 do segundo tempo contra o arquirrival Flamengo, no clássico do Maracanã. Os flamenguistas contaram com a ajuda do famoso morrinho artilheiro, onipresente no gramado mal-cuidado do Maraca, para evitar a derrota de virada.

No plano de fundo, as brigas por zona na tabela começam a dar sinais mais claros de estagnação. Com menos de um quarto do campeonato jogado, foram apenas duas mudanças significativas de posição: São Paulo e Bahia caíram seis posições, trocando de lugar com Vasco e Botafogo, que subiram os mesmos seis postos na classificação geral.

Ainda há muito chão e todas as diferenças são reversíveis, mas os clubes que continuam fora da briga no topo da tabela precisam começar a se mexer antes que seja tarde demais.

O destaque da rodada: Cruzeiro x Grêmio

No clássico entre mineiros e gaúchos, os mandantes tentavam se estabelecer entre os dez primeiros colocados e os visitantes tinham a chance de assumir pela primeira vez a liderança. E o 0-2 construído ainda no primeiro tempo apontava para uma vitória fácil do Grêmio. Mas o empate arrancado pelo Cruzei aos 45 minutos da primeira etapa manteve o jogo aberto para o intervalo.

A Raposa empatou, para logo depois levar o 2-3 e empatar de novo em menos de cinco minutos. Tudo isso aos 17 do segundo tempo. Com o 3-3 não sendo mal negócio para nenhum dos dois, ficou por isso mesmo.

O Grêmio mantém a cola no Corinthians, que empatou por 0-0 com o Coritiba fora de casa em jogo marcado pelo erro de arbitragem que prejudicou os líderes e pela violência do lado de fora do estádio. A diferença entre os dois segue de apenas um ponto.

Lá embaixo: Vitória e Sport trocam de lado

Se a rodada era dos visitantes, o Vitória aproveitou para conquistar seus primeiros três pontos fora de Salvador batendo o Sport por 1-3 na Ilha do Retiro, em Recife. De quebra, escapou da zona do rebaixamento e ainda jogou o rival para lá.

Já o Avaí acumulou sua segunda derrota seguida e caiu para a última posição, com apenas cinco pontos somados. Já são três a menos que o Vitória, primeira equipe fora do Z-4. Atlético-GO e Atlético-PR completam a lista.

Pra ficar ligado na próxima rodada

O Botafogo recebe o Vasco no confronto que reúne os dois cariocas mais bem colocados no campeonato, mesmo contra (quase) todas as expectativas que rondavam a dupla Fla-Flu no início do ano. O clássico no Engenhão acontece às 21h00 de quarta-feira, 21.

Um pouco mais tarde, às 22h00, o São Paulo visita o Atlético-PR na Arena da Baixada para o desespero das duas equipes mais instáveis do torneio. O Furacão, apesar da boa sequência, ainda não conseguiu vencer em casa. Já o Tricolor vive o drama oposto: não ganha de ninguém como visitante.

Os resultados

Atlético-GO 0-1 Atlético-PR
Vasco 1-0 Avaí
Santos 0-0 Ponte Preta
Coritiba 0-0 Corinthians
Fluminense 2-2 Flamengo
São Paulo 1-2 Atlético-MG
Bahia 2-4 Palmeiras
Chapecoense 0-2 Botafogo
Sport 1-3 Vitória
Cruzeiro 3-3 Grêmio

Rafael Almeida

Rafael é brasileiro e acompanha futebol há tanto tempo que nem se lembra. Se interessa também pela política do esporte e pelas suas dimensões socio-culturais. É formado em Relações Internacionais pela Universidade de São Paulo e atualmente estuda jornalismo, sendo também parte da equipe de um jornal digital no Brasil, onde escreve sobre política internacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.