John Stones – O novo patrão da defesa do City

Bilhete de identidade 

Nome : John Stones

Data de nascimento : 28-05-1994 (23 anos)

Nacionalidade : Inglês

Peso : 78 kg

Altura : 1,88 cm

Posição : Defesa central

Número : 24

Definindo-se como um central alto, veloz, forte fisicamente, destemido e com facilidade em sair a jogar, John Stones é sem margem para dúvidas uma das maiores promessas do futebol inglês, juntamente com Rashford, Harry Kane e Eric Dier. Contratado pelo Everton ao Barnsley, em 2012/2013, o jovem defesa começou por atuar pelos sub-21 da equipa de Liverpool, mas as suas prestações chamaram rapidamente a atenção do técnico Roberto Martinez, que não teve quaisquer problemas em lhe conceder a titularidade em diversos jogos da Premier League em 2013/2014, tendo-se estreado na competição na vitória por 1-0 frente ao Chelsea.

Na temporada seguinte uma lesão afastou o central de alguns jogos no início da temporada, mas John Stones não se deixou abalar e ao longo da época continuou a cimentar a sua posição na equipa do Everton, e as estatísticas não mentem. 28 jogos um golo apontado, na 34ª jornada, frente ao Manchester United, 68% de aproveitamento no desarme, 81% de recuperações de bola e 63% de duelos aéreos ganhos, tendo cometido apenas seis faltas e recebido um cartão amarelo na temporada inteira, números que fizeram dele um dos melhores centrais do campeonato e o tornaram um alvo apetecível dos maiores clubes europeus. Nesse ano Stones foi também eleito pelos adeptos o melhor jogador do plantel.

Na época 2015-2016, o internacional inglês manteve a boa forma, e as suas boas prestações (41 jogos, sendo novamente um dos melhores centrais da Premier), levaram o selecionador, Roy Hodgson a incluí-lo na lista de 23 convocados da Inglaterra para o Euro 2016. O jovem não fez qualquer jogo pela seleção, mas o caminho estava a começar a ser traçado.

No Verão de 2016, consumou-se o que há muito já se previa, a saída de Stones do Everton. Destino? Manchester City. O clube de Pep Guardiola não ficou indiferente à qualidade do central e abriu os cordões à bolsa, pagando ao Everton 55 milhões de euros pela sua contratação. Aos 23 anos, o jovem é já uma das pedras basilares no onze de Pep Guardiola, fazendo uma excelente dupla com o ex-Porto, Nicolás Otamendi, e continua a ser uma opção regular na seleção dos três leões. Sem dúvida um jogador a acompanhar.

Diogo Gonçalo

Diogo Rafael, 21 anos e um apaixonado pela vida no geral e pelo futebol em particular. Licenciado em Ciências da Comunicação e criador do site www.theluxlifeon.com, onde pretendo ajudar os outros a aproveitarem a vida ao máximo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.