Bruno Xadas: pé esquerdo que não vive sem bola

Nome: Bruno Alexandre Vieira Almeida

Data de nascimento: 02-12-1997 (19 anos)

Naturalidade: Milheiros de Poiares (Santa Maria da Feira)

Peso: 72 kg

Altura: 1,79m 

Posição: Médio ofensivo

Numero: 75

 

Bruno Alexandre Vieira Almeida, ou simplesmente, “Xadas” é um médio ofensivo com virtuosidade quanto baste. O jogador do SC Braga destaca-se pela forma como avança no terreno, sempre com a bola bem colada ao pé. A convite do AMBIDESTRO Xadas aceitou falar um pouco do seu percurso como profissional, mas também da vida pessoal.

O esférico e o pé esquerdo de Xadas não vivem um sem o outro. O jovem craque, que começou a jogar futebol com cinco anos, no humilde Milheiroense, revela competência nas ações de condução de bola e evidencia visão, criatividade e argumentos no capítulo do passe.

Dotado de um bom remate, mais em jeito do que em potência, sobressai na engenhosidade em romper organizações defensivas através da colocação de passes curtos e médios na profundidade.

AMBIDESTRO – Durante o mundial sub-20 foste um dos grandes destaques da seleção nacional portuguesa. Como tens lidado com esse protagonismo?

Xadas -Felizmente o mundial correu-me bastante bem individualmente, coletivamente não fomos onde desejamos. Tenho lidado bem com isso, não me envaidece, apenas me trás mais responsabilidade.

AMBIDESTRO – Se olharmos com atenção facilmente constatamos que o nome “Xadas” não está presente no teu nome pessoal. De onde surge então o Xadas?

Xadas – Devido ao meu falecido avô, aqui nas redondezas da minha terra toda a gente lhe chamava isso, porque ele jogava futebol, ficou o nome dele mais conhecido, até que depois passou para o meu pai. Quando nasci passou para mim e também para o meu irmão. É um nome de família e no mundo do futebol toda a gente me conhece assim.

AMBIDESTRO – Fala-nos um pouco do teu percurso como jogador.

Xadas – Comecei por jogar futebol com 5 anos no GD Milheiroense, até aos meus 10 anos, depois em sub12 e sub13 joguei no Porto e aos meus 12 anos fui dispensado… segui para a AD Sanjoanense, e passei lá 4 anos até aos meus 16, e aos 16 anos no final da temporada, rumei ao juniores do Braga.

AMBIDESTRO – Quais as principais características do teu jogo e que aspetos crês que tens de melhorar?

Xadas – Vejo-me como um jogador de qualidade de passe, qualidade de drible e remate, sou um jogador muito jovem com as minhas qualidades, mas tenho de melhorar tudo no meu jogo para chegar ao topo.

AMBIDESTRO – És uma das maiores promessas para a próxima edição da Liga NOS. Estás ansioso?

Xadas -Sim, bastante! Quero trabalhar bem e com compromisso para poder agarrar o meu lugar na equipa principal do Braga, para poder jogar o meu futebol e ser uma das figuras jovens do campeonato.

AMBIDESTRO –  O que é que os adeptos do SC Braga podem esperar de ti?

Xadas -A única coisa que os adeptos bracarenses podem esperar de mim é muito trabalho, compromisso e dedicação.

AMBIDESTRO – Na liga NOS há algum jogador em que te revejas pela maneira de jogar?

Xadas -Não, mas penso que a nível internacional, sou parecido com o Ozil.

AMBIDESTRO – Quais as tuas ambições quanto à tua carreira como jogador?

Xadas – Quero muito ser reconhecido pelo meu futebol, chegar a jogar a Liga dos Campeões, ganhar imensos títulos, e chegar ao topo tanto a nível de seleção como de clube.

AMBIDESTRO – Qual o clube que sonhas representar?

Xadas – Não tenho nenhum clube de sonho.

AMBIDESTRO – Daqui a 15 anos esperas estar a fazer o quê?

Xadas – Ainda a jogar futebol ao mais alto nível, se possível.

Nº de internacionalizações: 20

Estreia como profissional: Freamunde vs Braga B

Primeiro golo como profissional: 21-09-2016 / Braga B vs Ac. Viseu

Como nº 10, disfarça-se facilmente como espécie de segundo avançado, aparecendo regularmente em zonas de última decisão. Ágil e bastante móvel, confere bastante dinamismo ofensivo.

Bruno Alexandre Almeida sonha alto e não é para menos. Certamente teremos várias oportunidades para ver o médio do Sporting Clube de Braga em ação na próxima época. “Xadas”, um nome a ter em atenção no futebol nacional.

Fora das quatro linhas

Prato favorito: Leitão

Filmes favoritos: ” Velocidade Furiosa” e “A culpa é das estrelas”

Música favorita: Melhor de mim – Mariza 

Tempos livres: Estar com os amigos e família, passear, jogar PlayStation, viajar

Talento escondido: “O único talento é o futebol mesmo” (risos)

Ídolo de infância: Ronaldo “O fenómeno”

Treinador mais importante: “Todos tiveram a sua importância e ajudaram-me a ser melhor jogador e melhor homem

Jogador favorito: Tenho alguns como referência, como Modric, Thiago Alcantara, Isco e David Silva

Melhor equipa que viste jogar: Barcelona de Pep Guardiola

 

Ricardo Rocha Cruz

Confiante, resolvido consigo mesmo e ousado. Prazer, chamo-me Ricardo Cruz. Bem-vindos ao meu novo projeto. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.