Gil Dias: Uma flecha em forma de jogador

Nome: Gil Bastião Dias

Data de Nascimento: 28/09/1996 (20 anos)

Naturalidade: Gafanha da Nazaré

Peso: 76 kg

Altura: 1,86 m

Posição: Extremo direito / médio ofensivo

Número: 31

A modesta cidade da Gafanha da Nazaré viu nascer um dos mais promissores jovens do futebol nacional. Gil Bastião Dias, tem 20 anos, e é um verdadeiro “quebra cabeças” para as defesas adversárias. Este jovem talento atua preferencialmente sobre a ala direita e faz da velocidade e drible as suas principais armas no ataque. A convite do AMBIDESTRO Gil Dias aceitou falar um pouco do seu percurso como profissional, mas também da vida pessoal.

Esta foi uma época de estreia e ao mesmo tempo de afirmação. O esquerdino de 20 anos brilhou ao serviço do Rio Ave. Gil esteve cedido pelo Mónaco e marcou oito golos em 39 jogos.

AMBIDESTRO – Esta temporada foste um dos principais destaques do Rio Ave. O que mudou na tua vida desde que começaste a ter este protagonismo?

Gil Dias – Continuou tudo igual. Vivo a minha vida de forma tranquila e apenas passei a ser mais abordado na rua e nas redes sociais mas encaro isso de uma forma muito natural

AMBIDESTRO – Apesar da bela prestação do Rio Ave, por apenas um ponto não conseguiram atingir os lugares que dão acesso às competições europeias. Qual o sabor que ficou na “boca”?

Gil Dias – Um sabor muito amargo e por dois motivos em especial: Porque o Rio Ave é um clube que acarinha bastante os atletas e dá todas as condições para se fazer um bom trabalho e também pela qualidade de jogo que demonstramos em grande parte da época. Julgo que merecíamos mais.

AMBIDESTRO  – Foi o teu primeiro ano na Primeira Liga portuguesa. Como descreves este campeonato?

Gil Dias – É um campeonato bastante competitivo e onde cada vez mais se aposta nos jovens atletas. A prova disso mesmo são os resultados das nossas seleções jovens e da cobiça de grandes clubes em atletas que jogam na liga portuguesa.

AMBIDESTRO – 39 jogos e 8 golos. E a tua prestação? Foi ao encontro das tuas expectativas?

Gil Dias – Sim foi. Senti muita confiança do clube e dos treinadores nas minhas capacidades e isso foi essencial para me darem o tempo necessário para me adaptar a esta liga. Penso que ainda podia ter feito mais dois ou três golos, mas estou satisfeito com o que fiz na minha época de estreia.

AMBIDESTRO – Quais as principais características do teu jogo e que aspetos crês que tens de melhorar?

Gil Dias – Penso que me distingo pela velocidade, pelo drible e por ser um extremo objetivo. Tenho de melhorar o jogo aéreo, o poder de choque e o meu pé direito.

AMBIDESTRO – A imprensa nacional tem falado num interesse dos “grandes” portugueses. O que nos podes adiantar sobre isto?

Gil Dias – Não posso adiantar muito, pois apenas sei que sou jogador do AS Monaco e é lá que terei que me apresentar. Fico feliz por ver o meu nome associado a grandes clubes, mas convém lembrar que eu já pertenço a um grande clube que ainda este ano foi campeão francês e fez uma campanha brilhante na Liga dos Campeões.

AMBIDESTRO – Com apenas 20 anos esperas dar já o salto para um grande emblema do futebol europeu? 

Gil Dias – Como disse anteriormente, considero o Mónaco um grande clube mas claro que existem clubes de uma dimensão superior. Para o meu futuro, desejo jogar com regularidade e continuar a minha evolução. É essencial para um jovem atleta ter uma sequência de jogos tal como tive esta época.

AMBIDESTRO – Quais as tuas ambições quanto à tua carreira como jogador profissional?

Gil Dias – Como qualquer futebolista desejo jogar as grandes competições representando grandes clubes. Outra das minhas ambições é chegar um dia à Seleção A portuguesa.

AMBIDESTRO – Daqui a 15 anos… esperas estar a fazer o quê?

Gil Dias – Daqui a 15 anos espero continuar a jogar futebol, pois é algo que faço com paixão. Adoro jogar futebol e não consigo imaginar-me a fazer outra coisa ainda que seja inevitável um dia ter de terminar a carreira.

N.º de internacionalizações – 16

Estreia como profissional – Tondela vs Braga B

Primeiro golo como profissional – ao serviço do Mónaco B

Dotado de um excelente controlo de bola e capacidade de condução, evidencia virtuosidade no drible para provocar vários desequilíbrios em lances de um para um. Gil Dias, um jogador de passada larga, assume preponderância na projeção de transições ofensivas de contra-ataque, aparecendo com regularidade nas imediações da área adversária através de movimentações com e sem bola

Sem dúvida que este é um dos jovens talentos a ter em conta no futebol português.

Fora das quatro linhas

Prato favorito: Arroz de miúdos

Tempos livres: Estar com a família e amigos, cuidar dos seus cães e pássaros e ir à praia.

Talento escondido: “Se não fosse futebolista gostava de ser veterinário”.

Ídolo de infância: Cristiano Ronaldo.

Treinador mais importante: “Tenho de distinguir dois treinadores por tudo o que fizeram por mim e que me permitiu dar um grande salto da AD Sanjoanense para o SC Braga. Miguel Ângelo e Luis Mota na AD Sanjoanense”.

Melhor jogador da atualidade: Cristiano Ronaldo.

Melhor equipa que viste jogar: FC Barcelona de Pep Guardiola.

  ——————————————-

Em meu nome pessoal quero agradecer a disponibilidade e simpatia do Gil Dias. Desejo-te as maiores felicidades pessoais e profissionais.

Junte-se a nós no facebook em AMBIDESTRO.

Ricardo Rocha Cruz

Confiante, resolvido consigo mesmo e ousado. Prazer, chamo-me Ricardo Cruz. Bem-vindos ao meu novo projeto. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.