Francisco Ramos – Jovem dragão à espera de ordem para voar

Bilhete de identidade

Nome: Francisco Augusto Neto Ramos

Data de nascimento: 10 de abril de 1995 (22 anos)

Naturalidade: Póvoa de Varzim

Peso: 73 kg

Altura: 1,81 m

Posição: Médio interior

Número: 48

Dono de um soberbo pé direito, Francisco Ramos é indubitavelmente uma das grandes promessas do FC Porto e do futebol nacional. A convite do AMBIDESTRO o capitão do FC Porto B aceitou falar um pouco do seu percurso como profissional, mas também da vida pessoal.

Francisco Ramos, mais conhecido entre os companheiros de profissão por “Chicão”, é um médio maduro com uma visão de jogo requintada. Atua preferencialmente no miolo do terreno e distingue-se essencialmente pela sua preponderância tanto a defender como a atacar.

O jovem jogador é natural da Póvoa de Varzim e foi no clube local que começou a dar os primeiros toques na bola. Desde cedo se destacou dos companheiros e na época 2008/2009 transferiu-se para o FC Porto. Sobre a transição é breve. “Foi difícil porque ainda era novo, mas fez-me crescer muito e com que me tornasse melhor jogador”. Hoje em dia joga no clube da metade direita do seu coração. Porque a outra metade está reservada para o Varzim. “O Varzim e o Porto são os clubes do meu coração”.

Se defensivamente parece estar em todo o lado, ofensivamente constrói com enorme qualidade. Um estilo de jogo que vai de encontro à forma como se descreve. “Sou um jogador que acima de tudo dou o máximo dentro de campo . Gosto de ajudar o meu colega do lado e estar sempre disponível”.

 

O capitão do FC Porto B fez parte do onze titular, que na passada quarta-feira, derrotou o Sunderland, por 5-0, na final da “Premier League Internacional Cup”“É o culminar de mais uma boa época em que acabamos com mais um título tal como no ano passado . Era algo que ambicionava depois de ter perdido em 2014/2015 com o Man. City também na final . Estou feliz e concretizado”, afirmou. 

 

N.º de internacionalizações: 73

Percurso: Varzim – 2004/2005; 2005/2006; 2006/2007; 2007/2008;

FC Porto -2008/2009; 2009/2010; 2010/2011; 2011/2012; 2012/2013; 2013/2014; 2014/2015; 2015/2016; 2016/2017.

Primeiro jogo como profissional: Porto B vs Oliveirense 2014/2015.

 

O jovem médio é uma peça fundamental no sistema tático de António Folha. Esta época soma mais de 2700 minutos jogados e dois golos marcados. “Chicão” tem um sentido de posicionamento acima da média, o que lhe permite dobrar bastante vezes os colegas. Para além de possuir uma excelente qualidade de passe, sobretudo longo, é um jogador que decide muito bem quando está sob pressão. Uma combinação perfeita que o poderá levar a pisar outros “palcos” muito em breve.
Fora das quatro linhas

Música favorita: Fix you – Coldplay

Banda favorita: Coldplay

Prato favorito: Vitela assada

Tempos livres: Praia, amigos e filmes

Talento escondido: Cozinhar

Ídolo de infância: Deco

Longe dos relvados Francisco revela-se uma pessoa tranquila. Prefere não falar sobre o “dia de amanhã” e desfrutar do presente. “Espero aproveitar ao máximo o futebol e tudo de bom que ele me dá. Não tenho nenhum sonho em especial. Quero aproveitar o dia-a-dia e trabalhar o mais que puder para chegar o mais longe possível”.     

O jovem jogador dos dragões tem contrato até 2019 e está blindado por uma cláusula de rescisão de 20 milhões de euros. Questionado sobre o que se imagina a fazer daqui a 15 anos Francisco respondeu: “Não tenho ideia ainda , acho que terei tempo para pensar nisso mas espero estar no ativo seja em que área for, a exercer algo que goste e me deixe satisfeito”.

 

——————————————————-

Em meu nome pessoal quero agradecer a disponibilidade e simpatia do Francisco Ramos. Desejo-te as maiores felicidades pessoais e profissionais.

Junte-se a nós no facebook em AMBIDESTRO.

Ricardo Rocha Cruz

Confiante, resolvido consigo mesmo e ousado. Prazer, chamo-me Ricardo Cruz. Bem-vindos ao meu novo projeto. 

One thought on “Francisco Ramos – Jovem dragão à espera de ordem para voar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.