Raphael Guzzo – Talento em bruto à espera de ser esculpido

Nome: Raphael Gregório Guzzo

Data de Nascimento: 6 de janeiro de 1995 (22 anos)

Naturalidade: São Paulo

Peso: 70 kg

Altura: 1,77 m

Posição: Médio interior

Número: 25

 

Raphael Guzzo é mais um dos “frutos” produzidos pela grande “árvore” do “Caixa Futebol Campus”. Em conversa com o AMBIDESTRO revelou vários detalhes,  tanto da sua carreira como da vida pessoal.

Natural de São Paulo, Brasil, Guzzo começou o seu percurso como jogador no norte do país, mais concretamente em Chaves. Na época de 2009/2010 transferiu-se para o SL Benfica onde ficou até 2015/2016. Pelo caminho ficaram dois empréstimos.  A primeira paragem foi em Chaves. Guzzo realizou 37 jogos ao serviço do emblema nortenho e marcou oito golos. Segundo o jogador foi um dos melhores anos na sua (ainda curta) carreira. “Foi muito bom voltar, foi um local para onde eu quis ir. Onde as pessoas me queriam. Onde as coisas me sairam muito bem. Também por me sentir em casa e por me sentir acarinhado. Individualmente foi uma época muito boa”.

No ano seguinte foi emprestado ao Tondela onde realizou 17 jogos. Na segunda metade da época regressou ao Benfica B para ajudar na manutenção do clube na Segunda Liga. Este jovem jogador é dono de um pé direito com uma excelente capacidade técnica. Guzzo tem na visão de jogo e no passe, tanto curto como longo, as suas principais habilidades.

Este ano assinou um contrato de cinco anos com o CF Reus, clube que compete na segunda divisão de Espanha. “O Reus é um clube que subiu agora a primeira vez à segunda liga. Foi um projeto que através do meu empresário surgiu”, afirmou. Uma experiência que segundo o jovem jogador era desejada a algum tempo. ” Sempre quis experimentar jogar em Espanha e vim para cá para saber como era. Falando do clube em si, é um clube pequeno que a cada fim de semana, nos jogos em casa, leva cerca de quatro mil pessoas ao estádio”.

Guzzo admite que a época começou melhor do que está a acabar e salienta o nível competitivo da segunda divisão espanhola.

“Aqui a Liga é muito competitiva. Além de competitiva tem imensa qualidade, desde o Levante (primeiro classificado) até ao Mirandés (última classificado). Individualmente os jogadores são evoluídos e as equipas são muito organizadas tacticamente”.

Nº de internacionalizações: 63

Percurso: Chaves – 2006/2007; 2007/2008; 2008/2009.

S.L. Benfica –  2009/2010; 2010/2011; 2011/2012; 2012/2013; 2014/2015 (Empréstimo ao Chaves); 2015/2016 (Empréstimo ao Tondela).

CF Reus : 2016/2017.

Dia da estreia como profissional: 6 de janeiro de 2013

 Primeiro golo como profissional: 4 de fevereiro de 2013

Atua preferencialmente no miolo do terreno e a forma como joga, mas também como faz jogar, não deixa ninguém indiferente. Guzzo é vigoroso na forma como conduz, tabela e dribla adversários. Não gosta de se descrever e admite não se rever em nenhum jogador da Liga NOS. Contudo, afirma que aprecia um jogador em especial. ” Tenho um jogador que admiro muito que é o Pizzi. Mas não tenho nenhum jogador em que me reveja”.

Fora das quatro linhas

Música favorita: Projota – Muleque de Vila

Cantores favoritos: Henrique e Juliano

Prato favorito: Arroz de pato

Tempos livres: Passear, ficar em casa e cinema

Talento escondido: Cozinhar

Ídolo de infância: Ronaldo “O Fenómeno”

Descontraído no discurso, Guzzo revela que no horizonte vive o sonho de competir na La Liga. “Gosto de viver cada dia que passa. E espero que dia após dia as coisas melhorem e conquiste os meus objetivos”. O meu objetivo passa por fazer o máximo de jogos aqui (CF Reus) e quem sabe um dia… jogar na primeira divisão. Neste momento é o que eu penso. Prefiro pensar no presente”.

Questionado sobre o que pensa fazer no final da carreira, Guzzo foi breve. “Penso ser treinador de futebol. É uma coisa que gosto muito. Não sei se terei o perfil, mas é algo que gostaria muito de fazer”.

 

—————————————-

Em meu nome pessoal quero agradecer a disponibilidade e simpatia do Francisco Ramos. Desejo-te as maiores felicidades pessoais e profissionais.

Junte-se a nós no facebook em AMBIDESTRO.

Ricardo Rocha Cruz

Confiante, resolvido consigo mesmo e ousado. Prazer, chamo-me Ricardo Cruz. Bem-vindos ao meu novo projeto. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.