Jovem Promessa – Bukayo Saka, o polivalente talento do Arsenal

Nome: Bukayo Saka

Data de nascimento: 05/09/2001 (18 anos)

Altura: 1.78m

Posição: Ala esquerdo

Pé preferencial: Esquerdo

Nacionalidade: Inglesa/Nigeriana

Clube: Arsenal FC

No “Jovem Promessa” desta semana, analisamos um produto da formação do Arsenal. Bukayo Saka nasceu e cresceu em Londres, sendo o seu pai nigeriano, daí a sua dupla nacionalidade. Passou pelos diversos escalões de formação dos gunners até se estrear pela equipa principal ao alinhar como suplente utilizado numa partida da Liga Europa frente ao Vorskla Poltava em novembro de 2018, quando tinha apenas 17 anos. Duas semanas depois e ainda na mesma competição, cumpriu o seu primeiro jogo a titular, desta vez contra o Qarabag. Logo no primeiro dia do ano de 2019, ao substituir Iwobi, Saka tornou-se no primeiro jogador nascido em 2001 a jogar na Premier League. Contudo, para além destes três encontros, o jovem só voltou a ser visto em campo numa outra ocasião na época passada.

Assim, a presente temporada é que tem sido a época de afirmação de Saka. Ainda com Unai Emery no comando da equipa técnica, no embate caseiro frente ao Eintracht Frankfurt na primeira jornada da fase de grupos da Liga Europa, o jogador, que estava a somar os seus primeiros minutos da temporada e a jogar a extremo esquerdo, apontou um golo e duas assistências. Desde então, o atleta passou a ser presença frequente nas fichas de jogo, falhando apenas sete jogos até agora.

Porém, quer pela concorrência que existe no setor ofensivo do plantel londrino (Lacazette, Aubameyang, Pépé, Martinelli…) que o impedia de ter mais tempo de jogo, quer pela descida do rendimento coletivo nos últimos jogos do treinador espanhol ao leme do clube, Saka registou apenas duas assistências nas dez partidas que sucederam à grande exibição individual frente ao conjunto alemão.

No entanto, o despedimento de Unai Emery e consequente substituição do mesmo de forma interina trouxeram uma nova vida para Saka. Apesar de só ter orientado a equipa durante seis jogos, Freddie Ljungberg teve tempo para fazer uma importante alteração ao Arsenal e ao jovem jogador. Devido à ausência por lesão de Kieran Tierney e às exibições insatisfatórias de Sead Kolasinac, o ex-futebolista sueco colocou Saka a lateral esquerdo num importante jogo contra o Manchester City, mesmo depois de, na partida anterior, este ter apontado um golo frente ao Standard Liège a jogar a médio esquerdo.

Saka acabou mesmo por conquistar a posição e cimentou o seu lugar no onze inicial dos gunners. Nem com a chegada de Mikel Arteta esta situação se alterou. Pelo contrário, esta consolidou-se, tendo o inglês falhado apenas um jogo desde que o antigo adjunto dos citizens assumiu as rédeas da equipa. Ainda que esteja a jogar mais recuado no terreno, o contributo ofensivo do atleta é significativo, tal como é comprovado pelas cinco assistências e um golo apontados nos 16 jogos em que figurou no setor defensivo.

A nível internacional, apesar de ter passaporte nigeriano, Saka optou por representar o seu país natal, ou seja, Inglaterra. Ao serviço dos três leões, o ala esquerdo leva já 30 internacionalizações pelas diferentes camadas jovens. Nos sub-19, o canhoto tem estado em particular boa forma, tendo registado quatro golos e três assistências em dez partidas.

Assim, Bukayo Saka é um nome acerca do qual seguramente ainda muito ouviremos falar. A sua polivalência que lhe permite jogar em qualquer posição na ala esquerda, capacidade de drible, excelentes cruzamentos, boa meia distância e facilidade com que também usa o seu pé direito são características que possui e que lhe dão todas as condições para ter um futuro brilhante. E com o seu atual contrato a terminar no verão de 2021, é com naturalidade que começam a surgir notícias acerca da pressa do Arsenal em querer renovar o vínculo com o atleta, mas também do interesse de grandes emblemas do futebol europeu em contar com os serviços do jovem – alegadamente Bayern de Munique, Liverpool e Manchester United têm estado atentos à situação.

 

Fique com alguns dos melhores momentos de Saka esta época:

 

Fonte da Imagem: Getty Images

Simão Vitorino

Nasci e cresci em Vila Franca de Xira e estou atualmente a tirar uma licenciatura em Ciências da Comunicação na faculdade NOVA FCSH com o objetivo de me tornar jornalista desportivo no futuro, profissão que une duas grandes paixões minhas - o futebol e a escrita.