Jovem Promessa – Sebastiano Esposito

Nome: Sebastiano Esposito

Data de nascimento: 2 de Julho de 2002 (17 anos)

Altura: 1,86m

Posição: Ponta de lança

Pé preferencial: Direito

Nacionalidade: Italiano

Clube: Inter de Milão

Um dos talentos mais interessantes do futebol italiano, Esposito inicia nesta época verdadeiramente a sua aventura no futebol sénior, ao serviço do seu clube de formação, o Inter.

Fez a sua estreia ao serviço dos nerazzuri na temporada anterior, entrando para jogar 17 minutos diante do Eintracht Frankfurt, que eliminou o conjunto italiano.

Voltou a jogar na equipa principal este ano, sob o comando de Antonio Conte, que claramente conta com o avançado, também pela lesão de Alexis Sánchez, restringindo as opções do técnico italiano no ataque (utiliza dois avançados simultâneamente, contando apenas com Lukaku, Martínez e Esposito).

Esta época conta com sete partidas na equipa sénior, sendo apenas uma como titular. Essa mesmo foi a última que disputou, frente ao Génova, e marcou o seu primeiro golo pelo clube. Completou os 90 minutos e num gesto bonito do seu colega, Romelu Lukaku, foi-lhe concedida a possibilidade de  bater uma grande penalidade, que converteu com sucesso. Quatro das partidas foram disputadas na Serie A enquanto outras três foram na Liga dos Campeões.

Na UEFA Youth League disputou apenas uma partida, na qual marcou dois golos, diante do Slavia Praga. Pouco a pouco vai ganhando espaço na equipa de Conte, especialmente caso Lautaro Martínez ou Romelu Lukaku se lesionem, sendo o suplente imediato do ataque.

A nível internacional, esta época já representou a seleção italiana três vezes na qualificação para o Euro sub-19, marcando duas vezes. Recorde-se que no Euro sub-17 conquistado por Portugal no ano passado, Esposito marcou quatro golos em seis jogos. Foi finalista vencido ao serviço da Itália.

O ponta de lança apresenta um perfil muito interessante pelo seu equilíbrio. Na verdade, há pouco que se aponte de fraquezas no seu jogo. Com 1,86 de altura, apresenta um jogo aéreo notável, boa velocidade e controlo de bola, posicionamento notável no último terço e uma capacidade de soltar a bola impressionante. É uma das áreas em que o jogador brilha, virando-se de costas para a linha defensiva com o seu poder físico e soltando a bola em velocidade. Capaz de jogar como ponta de lança solitário, o italiano certamente beneficia de parceiros no ataque pela naturalidade com que interliga jogo ofensivo.

Aos 17 anos de idade, é incrível ver o que este jovem já contribui para o ataque, podendo também jogar em ambas as alas, mas preferindo o centro do jogo. Antonio Conte tem aqui uma pérola na sua luta pelo título italiano, capaz de espreitar um lugar no onze inicial mais vezes apesar da boa forma dos seus colegas do ataque. Mais um jovem com um potencial tremendo nas últimas gerações italianas.

 

José Horta

Não nasci a gostar de futebol, mas quando comecei nunca mais quis outra coisa. Algarvio de nascença mas adepto do futebol para além daquele que se joga na praia. Sempre atento aos contornos e novidades do "Desporto Rei", "Beautifull Game" ou lhe quiserem chamar. Aluno universitário de Ciências da Comunicação na FCSH.