Ansu Fati torna-se no jogador mais jovem de sempre a marcar na Liga dos Campeões

O jovem avançado do Barcelona Ansu Fati tornou-se esta terça-feira o jogador mais jovem de sempre a marcar na Liga dos Campeões depois de ter feito o 2-1 na partida frente ao Inter de Milão.

Apesar de apenas ter entrado aos 85 minutos, para o lugar de Carles Pérez – autor do primeiro golo catalão – um minuto bastou ao jovem extremo para entrar na história da principal competição de clubes europeia. Isto porque aos 86 minutos Ansu Fati marcou e com apenas 17 anos e 40 dias tornou-se o jogador mais jovem da história a marcar na competição da UEFA.

No final da partida, que terminou com a vitória blaugrana por 2-1, o avançado falou à televisão do clube catalão, a BarçaTV, e não escondeu a satisfação por tal feito, justificando pelo trabalho com os seus colegas: “É um sonho. Está a acontecer tudo muito rápido, mas aprendo diariamente com os melhores. Fiquei surpreendido com a forma como ficou o estádio, em silêncio. ‘Que acabei de fazer?’, pensei. Estou muito feliz pelo golo e pela vitória“.

Francisco Carvalho

Desde tenra idade que duas paixões me cativaram, desporto e a escrita, sendo a sua união o cenário ideal. Cedo percebi que com esforço e dedicação poderia juntar uma paixão a uma profissão, sendo o jornalismo a resposta. Numa geração onde a banalização e a desvalorização da informação são recorrentes, quero mostrar a relevância do mundo jornalístico em toda esta sociedade cativante que nos rodeia.