Jorge Jesus e o Flamengo são os campeões da América do Sul

Decorreu na passada noite de sábado a final da Copa Libertadores 2019, onde River Plate e Flamengo se defrontaram no Estádio Monumental, em Lima, Perú.

O Flamengo de Jorge Jesus saiu triunfante da final, por 2-1, com o Mengao a conquistar o maior troféu de clubes da América do Sul 38 anos depois na história do clube.

A final esteve longe de favorável para o Flamengo, com o River Plate a abrir o marcador ao minuto 15, golo de Rafael Santos Borré.

A partida foi equilibrada com uma grande disputa no meio campo e falta de chances concretas para golo, de tal forma que o empate surgiu de forma inesperada, com uma bela assistência de Giorgian De Arrascaeta para o golo do empate de Gabriel Barbosa, ao minuto 89.

Ainda no extâse do golo tardio do empate, o Flamengo obteve o golo da reviravolta ao minuto 92, por insistência do avançado brasileiro, que bisou para belo efeito na partida, Gabriel Barbosa, consumando o resultado final 2-1 para os homens de Jorge Jesus.

Alguma confusão no final da partida resultou na expulsão de Exequiel Palacios para o lado do River e de Gabriel Barbosa para o Flamengo, encerrando-se a dramática final instantes depois.

Jorge Jesus e os seus jogadores cimentam uma época extraordinária com uma conquista monumental para o clube, que está a dois pontos de sagrar-se campeão nacional, tendo a possibilidade de o fazer já este fim de semana, caso o Palmeiras não vença a sua partida.

José Horta

Não nasci a gostar de futebol, mas quando comecei nunca mais quis outra coisa. Algarvio de nascença mas adepto do futebol para além daquele que se joga na praia. Sempre atento aos contornos e novidades do "Desporto Rei", "Beautifull Game" ou lhe quiserem chamar. Aluno universitário de Ciências da Comunicação na FCSH.