Platini sobre o VAR: “É uma bela m****”

Michel Platini, antigo dirigente da UEFA, deu uma entrevista à estação televisiva italiana Rai onde falou sobre tudo, desde as acusações de corrupção, até ao VAR, sempre sem qualquer problema em dizer o que pensava.

Após ter sido ilibado pela justiça suíça das acusações de corrupção de que era alvo – por ter alegadamente recebido um pagamento de quase dois milhões de euros por parte de Joseph Blatter – o antigo dirigente abordou esse mesmo tema da acusação nesta entrevista: Sempre pensei ser um homem livre. Não foi por isso que deixei o futebol. O futebol não pertence à FIFA. A justiça desportiva não me queria como presidente da FIFA“, acusou o antigo jogador francês.

A certo ponto, o meu destino passava por mudar alguma coisa no futebol. Um antigo jogador podia, finalmente, decidir qualquer coisa no mundo da gestão desportiva“, acrescentou Platini.

Nessa mesma entrevista à Rai, Platini explicou que sempre foi contra a implementação do VAR no futebol e que, na sua opinião, este não resolve nada. “Não resolve nada, só as altera. São precisos 30 minutos para explicar por que não estou de acordo. Penso que nunca mais desaparecerá, mas parece-me uma bela m****

 

Fonte da Imagem: Wall Street Journal

Francisco Carvalho

Desde tenra idade que duas paixões me cativaram, desporto e a escrita, sendo a sua união o cenário ideal. Cedo percebi que com esforço e dedicação poderia juntar uma paixão a uma profissão, sendo o jornalismo a resposta. Numa geração onde a banalização e a desvalorização da informação são recorrentes, quero mostrar a relevância do mundo jornalístico em toda esta sociedade cativante que nos rodeia.