OPINIÃO: Os 5 melhores clubes a jogar fora das 5 melhores ligas

De acordo com a UEFA, as cinco ligas mais competitivas do mundo futebolístico são, respetivamente, a Premier Ligue em Inglaterra, La Liga em Espanha, a Bundesliga na Alemanha, Serie A em Itália e a Ligue 1 em França. Contudo, há muito talento e muitas boas formações espalhadas pelo resto da Europa. Estes são os cinco clubes fora das melhores competições nacionais que atualmente possuem uma enorme qualidade.

5 – Galatasaray SK

A equipa turca terminou a temporada passada como campeões da Süper Lig o que permitiu qualificação imediata para a Liga dos Campeões, onde irão defrontar, na fase de grupos, o Club Brugge, Real Madrid e o PSG.

Os leões possuem uma equipa repleta de qualidade com Fernando Muslera na baliza, Mariano na defesa, no meio campo Steven N´Zonzi e Radamel Falcão no ataque. Outros nomes sonantes como Ryan Babel, Yuto Nagatomo e Younès Belhanda, constituem uma equipa com imensa qualidade.

O Gala não têm tradicionalmente um problema em reter os seus melhores jogadores mas sim em desenvolver jovens com qualidade suficiente para competir na europa, porém, esta temporada, têm uma excelente equipa capaz de causar alguns problemas ao PSG ou ao Real Madrid no maior palco do futebol europeu.

4 – PSV Eindhoven

O PSV é o segundo maior clube da Holanda, tendo ficado a apenas 3 pontos do campeão, Ajax, na temporada passada e conquistado o primeiro lugar no pódio da Eredivisie em 2017/2018.

Embora tenha sido eliminado pelo Barcelona na qualificação para a Liga dos Campeões, os Boeren ocupam o primeiro lugar do seu grupo na Liga Europa, onde defrontam o Sporting CP, LASK e o Rosenborg.

Contrariamente ao Galatasaray, os vermelhos e brancos nunca tiveram um problema em produzir grandes talentos futebolísticos, tendo uma das melhores academias da Holanda. Embora tenham perdido dois grandes jogadores este verão em Hirving Lozano e Luuk de Jong, os Lampen possuem ainda futebolistas de enorme qualidade como Gastón Pereiro, Daniel Schwaab e Érick Gutiérrez. A equipa holandesa já está habituada a perder grandes jogadores e ao comando do grande técnico holandês Mark Van Bommel, esta parece que será outra grande temporada.

3 – FC Porto

Vencedor de 28 campeonatos nacionais, duas Ligas dos Campeões, 2 Ligas Europa e duas Taças Intercontinentais, os gigante portugueses não podiam deixar de constar nesta lista. Depois de terem sido os campeões em 2017/2018, na temporada passada os dragões terminaram num dececionante segundo lugar na Liga Nos, depois de terem dominado o campeonato português durante a maioria da temporada, tendo ainda perdido a final da Taça de Portugal e da Taça da Liga para o Sporting.

Embora sejam atualmente os líderes da tabela da Primeira Liga, a temporada não começou da melhor maneira para os portistas na europa, tendo sido eliminados da Liga dos Campeões pelo Krasnodar. Na Liga Europa são, porém, um dos favoritos a conquistar o título internacional, algo que não acontece à quase 10 anos.

Sobe o comando de Sérgio Conceição a equipa azul e branca possui uma mistura de veteranos do futebol mundial como Pepe e Iker Casillas, um brilhante defesa direito em Alex Telles e uma estupenda parceria no ataque entre Moussa Marega e Vincent Aboubakar, assim como promissores jovens como Fábio Silva.

2 – SL Benfica

Os encarnados são o clube mais bem-sucedido do país com um recorde de 37 ligas conquistadas, 26 Taças de Portugal e 21 outros troféus que incluem duas Ligas dos Campeões.

Atualmente não há muito que separe o Porto e o Benfica, porém as águias foram os campeões nacionais na temporada passada quando os tripeiros possuíam uma equipa mais forte que a atual e diria que a equipa lisboeta é a grande favorita a erguer o trofeu em maio.

O glorioso tem uma excelente política de contratações e os investimentos na academia têm produzido grandes jogadores que muito lucro trouxeram ao clube, como foi o mediático caso de João Félix, na sua mudança para o Atlético de Madrid este verão. Porém a equipa continua repleta de talento com jogadores como Pizzi, Rafa ou Rúben Dias.

1 – Ajax

A temporada passada foi um verdadeiro conto de fadas para o clube holandês. Depois de terem chegado ás meias finais da liga dos campeões, tendo derrotado pelo caminho gigantes europeus como o Real Madrid e a Juventus, foram coroados campeões nacionais, num renhido combate pelo o titulo com o PSV.

Porém, este foi um verão difícil para os Godenzonen, perdendo os seus maiores talentos em Frankie de Jong e Mathijs de Ligt e ainda sofrendo perdas menos mediáticas em Kasper Dolberg, Maximilian Wöber e Lasse Schöne. A equipa de Amesterdão irá sempre perder os seus melhores jogadores para ligas onde há mais investimento, porém os holandeses fizeram as transferências certas e possuem uma das melhores academias futebolísticas do mundo; jogadores como Kik Pierie, Razvan Marin, Lissandro Martínez e Edson Álvarez chegaram esta temporada à Amsterdam Arena, todos extremamente jovens e talentosos e possíveis vendas lucrativas para o clube no futuro.

Poucos clubes conseguiriam sobreviver a um verão como o que o Ajax experienciou mas a equipa holandesa é sem dúvida extraordinária e a melhor fora das 5 melhores ligas na minha opinião.

Inês Macieira

Maluquinha da bola, devoradora de livros e apaixonada pela escrita. Licenciada em Ciências da Comunicação na FCSH, a caminho de Bruxelas para um mestrado em Relações Internacionais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.