Beira-Mar com regresso vitorioso na visita ao reduto da União de Leiria

No arranque do campeonato de Portugal, o primeiro jogo da competição decorreu ontem à noite e colocou frente a frente, um embate entre dois emblemas históricos do futebol nacional, União de Leiria e Beira-Mar, sendo que, no final do encontro, a vitória sorriu aos visitantes aveirenses.

A União Desportiva de Leiria tem sido uma crónica candidata à subida ao segundo escalão no entanto, esta época o investimento fora reduzido substancialmente ainda que, a ambição de acesso ao “playoff”, se mantenha. No que concerne ao Beira-Mar, o plantel orientado por Ricardo Sousa regressa aos nacionais, vindo do competitivo campeonato distrital de Aveiro, com o intuito de solidificar o mais cedo possível, a estabilidade na tabela classificativa.

Numa primeira parte equilibrada, o Beira-mar entrou melhor na partida sendo que, nos minutos finais foram os homens da casa a deixar melhores indicações. A qualidade técnica de Dieguinho e a visão de jogo do médio Fábio Vieira, estiveram em evidência no plantel de Ricardo Sousa, já do lado dos leirienses, fora dos pés de Onyeka, a melhor oportunidade dos primeiros 45 minutos, com uma transição rápida pelo corredor direito e depois de ultrapassar o guardião Miotti, com a baliza à sua mercê, faltou-lhe o discernimento e a eficácia na execução, para inaugurar o marcador.

Na etapa complementar, foram os visitantes que mais se destacaram. Aos 73 minutos o mister Ricardo Sousa impõe mais intensidade no sector ofensivo e faz sair Dieguinho para dar lugar ao ponta de lança costa-marfinense Moussa Cissé, que na primeira vez que tocou na bola, desferiu um remate perigoso à baliza de Filipe Dinis.

Decorria a passagem do minuto 75 quando o marcador fora inaugurado por Isaac Cissé. O avançado beneficiou de um mau atraso do médio leiriense Kiko, e livre de marcação, assinalou o golo que acabara por colocar justiça no marcador.

Dois conjuntos que deixaram boas indicações e que prometem dar espectáculo na Serie C do campeonato de Portugal. Os misters Filipe Cândido e Ricardo Sousa tem plantéis com capacidade para darem alegrias aos respectivos adeptos.

De salientar que foi há sete anos, o último encontro entre os dois clubes na I Liga.

 

FOTO: retirada da página de Facebook do Beira-Mar

Guilherme Freire Coelho

Alfacinha apaixonado pela vida e dela, faz parte o futebol. Defendo-o como desporto, respeito-o pela vertente social e admiro-o como espectáculo. A bola, é mero instrumento para os artistas brilharem. Não escrevo sobre bola mas sim, sobre Futebol, sempre de forma transparente, com fair-play e....sem respeito pelo acordo ortográfico.....

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.