Bozhidar Kraev, o búlgaro que já canta de galo no futebol português

Nome: Bozhidar Kraev

Data de Nascimento: 23-06-1997 (22 anos)

Altura: 183 cm

Posição: Médio ofensivo

Pré preferencial: Esquerdo

Nacionalidade: Búlgaro

Clube: Gil Vicente (emprestado pelo Midtjylland)


Sim, caro leitor, trata-se do jogador que há poucos dias marcou o golo que ditou a vitória frente ao FC Porto. Não, o talento não é só de agora, mas o momento não podia ser mais oportuno. Bozhidar Kraev, lá está, era um desconhecido do público português até entrar em campo para defrontar os dragões. E antes disso, também já tinha sido preponderante na vitória frente ao Aves para a Taça da Liga por 3-2, onde fez um golo e uma assistência. Ou seja, dois golos e uma assistência nos primeiros dois jogos oficiais. Como quem diz “Zdraveĭte portugalski futbol”, para que todos percebam, “Olá futebol português”. Mas como já disse, o seu talento já é reconhecido à algum tempo.

Formado no Levski Sofia, estreou-se na equipa principal com apenas 17 anos e lá permaneceu por três épocas com um papel fundamental. Mais tarde transferiu-se para o Midtjylland, clube dinamarquês que viu em Kraev um autêntico diamante por lapidar e desembolsou um total de 500 mil euros. E foi exatamente em 2017 que Kraev entrou na lista de candidatos do Golden Boy, vencido por Mbappé. Para além disso, sagrou-se campeão pelo Midtjylland logo na primeira época. Mas a adaptação não se revelou fácil para o médio búlgaro que, em duas épocas, só foi titular por seis vezes. Contudo, o talento e o potencial eram claros e emprestar o jogador foi a solução encontrada pelos dirigentes do emblema dinamarquês. E é aqui que entra o Gil Vicente.

Como é sabido, a equipa gilista regressou esta época ao escalão máximo do futebol português, 13 anos depois, depois de ter sido prejudicada pelo desfecho do caso Mateus. A época passada, a equipa de Barcelos competia no Campeonato de Portugal, já sabendo que daí a um ano voltaria à Primeira Liga. Tempo não faltou para construir uma equipa competitiva e, por meio de empréstimo e transferências livres, contratou um total de 23 jogadores, onde se inclui Bozhidar Kraev. Para já, o scouting parece ter sido bem feito. De facto, tudo passou por “uma escolha criteriosa e muito bem estudada”, afirmou Dito, o homem que tratou do dossier das contratações do Gil. O búlgaro tem tudo para ser uma das grandes revelações desta liga. Possuidor de visão de jogo fora do normal e de uma técnica que não engana, Kraev vai querer aproveitar ao máximo esta experiência no futebol português. Apesar dos 22 anos, é um jogador que já conta com várias internacionalizações, nove para ser preciso, e vai tendo cada vez mais preponderância na seleção da Bulgária. Exemplo disso, foi a sua prestação na vitória da equipa búlgara frente à Eslovénia, num jogo a contar para a Liga das Nações. Fez os dois golos que deram o triunfo ao seu país.

Em declarações ao clube, e em bom espanhol, Kraev diz estar muito feliz e pretende jogar o máximo de jogos possíveis para ajudar na campanha do Gil na Primeira Liga. Só nos resta deixar a bola rolar e ver o que este jovem talento poderá fazer de galo ao peito. Barcelos parece ter uma nova coqueluche, mesmo tendo um prazo.

Ricardo Oliveira

Oriundo da mesma terra do melhor jogador do mundo, a paixão pelo futebol não podia ser maior. Licenciado em Ciências da Comunicação na FCSH, gosta de escrever e está sempre de braços abertos a novos projetos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.