Os milhões já arrecadados pelos três grandes com a entrada nas competições europeias

A UEFA divulgou esta quita-feira os valores atribuídos a cada participante das edições de 2019/2020 da Liga Europa e da Liga dos Campeões. FC Porto, Benfica e Sporting poderão levar para casa um autêntico Euromilhões.

Liga dos Campeões

Tendo por base que o Benfica por ter sido campeão nacional em 2018/2019 tem já entrada direta garantida na próxima edição da Liga dos Campeões, os encarnados partem já à frente dos dragões ao nível de ganhos económicos.

Assim sendo, as águias têm desde já garantidos um total de 43 milhões de euros. A UEFA atribui a cada um dos 32 participantes da fase de grupos da Liga dos Campeões 15,25 milhões de euros e a isto somam-se os milhões relativos à posição da equipa no ranking do organismo máximo do futebol europeu. O Benfica ocupa atualmente a 10ª posição desse ranking, arrecadando mais 27,7 milhões de euros.

O caso do FC Porto é um pouco mais diferente. Os dragões ocupam atualmente o 8º lugar do ranking, podendo arrecadar 44, o6 milhões de euros. O único senão é que para chegar a estes valores, os azuis e brancos terão de passar a terceira pré-eliminatória – onde estão neste momento inseridos – e o playoff final de acesso à Liga Milionária. Caso sejam eliminados numa destas fases, a turma de Sérgio Conceição receberá apenas cinco milhões de euros.

Contudo, estes são os valores já garantidos pelos dois rivais. Estes poderão ainda crescer consoante a sua performance na Liga dos Campeões visto que cada vitória, empate e passagem à próxima fase acrescenta mais dinheiro aos seus respetivos cofres:

  • Vitória na fase de grupos – 2,7 milhões de euros;
  • Empate na fase de grupos – 900 mil euros;
  • Passagem aos oitavos – 9,5 milhões de euros;
  • Passagem aos quartos – 10,5 milhões de euros;
  • Passagem às meias-finais – 12 milhões de euros;
  • Finalista vencido – 15 milhões de euros;
  • Vencedor – 19 milhões de euros

Liga Europa

No caso da Liga Europa, os valores inseridos são, como esperado, bastante inferiores ao da Liga dos Campeões. De notar que a única formação portuguesa com participação garantida neste momento na competição é o Sporting.

Os rivais do Minho, Vitória de Guimarães (segunda pré-eliminatória) e Sporting de Braga (terceira pré-eliminatória) terão ainda que lutar por um lugar de acesso à fase de grupos.

Assim sendo, a turma de Alvalade tem já garantido um total de 2,92 milhões de euros. À semelhança da Liga dos Campeões, este valor irá crescer consoante o ranking da UEFA dos leões entre as equipas na fase de grupos. O pior classificado irá receber apenas 71 mil euros, enquanto que o melhor receberá mais 3,4 milhões de euros. Os leões terão de esperar para ver quem se qualifica das eliminatórias e quem cai dos playoffs da Liga dos Campeões para saber quanto irão receber.

Também à semelhança da Liga dos Campeões, estes valores poderão crescer consoante a performance desportiva das equipas durante a competição:

  • Vitória na fase de grupos – 570 mil euros;
  • Empate na fase de grupos – 190 mil euros;
  • Primeiro lugar no grupo – um milhão de euros;
  • Segundo lugar do grupo – 500 mil euros;
  • Passagem aos 16-avos – 500 mil euros;
  • Passagem aos oitavos – 1,1 milhões de euros;
  • Passagem aos quartos – 1,5 milhões de euros;
  • Passagem às meias-finais – 2,4 milhões de euros;
  • Finalista vencido – 4,5 milhões de euros;
  • Vencedor – 8,5 milhões de euros

Francisco Carvalho

Desde tenra idade que duas paixões me cativaram, desporto e a escrita, sendo a sua união o cenário ideal. Cedo percebi que com esforço e dedicação poderia juntar uma paixão a uma profissão, sendo o jornalismo a resposta. Numa geração onde a banalização e a desvalorização da informação são recorrentes, quero mostrar a relevância do mundo jornalístico em toda esta sociedade cativante que nos rodeia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.