Penálti nos descontos dá a vitória aos leões no Bessa

O Sporting venceu o Boavista, por 2-1, este sábado, no Bessa. A vitória só surgiu nos descontos, com polémica à mistura e o homem do costume (Bruno Fernandes) a salvar o leão no estádio da equipa que o formou.

Dois minutos e uns segundos foi o que foi preciso para o Boavista marcar o primeiro golo da noite. Ainda havia adeptos a ajeitar-se nos lugares, outros a chegar e o leão já entrava ferido em batalha. Tudo começou num livre de Bueno. Jubal ganhou nas altura à defesa leonina e a bola sobrou para Neris que encostou de forma quase involuntária. Estava feito o 1-0 no Bessa.

A partir daí, o Sporting teve a bola de forma quase exclusiva, mas era previsível e lento na troca de passes. Já o Boavista aproveitava para explorar a largura em transição. Prova disso foi o remate de Perdigão que só Renan parou aos 12 minutos.

O jogo seguiu e aos 17 minutos o Boavista fez o segundo golo da noite. Mas desta vez, na própria baliza. Edu Machado não teve destreza na pressão de Acuña e ao tentar cortar uma bola que veio dos pés de Raphinha, acabou por colocá-la dentro das próprios redes. Estava feito o 1-1.

O Sporting foi crescendo e esteve perto de marcar o segundo ainda antes do intervalo, em inúmeras oportunidades. Bola de Luiz Phellype ao poste… Golo de Raphinha anulado (por fora de jogo)… E bolas a arrasar os postes de Bracali…

Ainda assim, o Sporting não conseguiu concretizar e o jogo seguiu empatado para a segunda metade.

A partir do intervalo, os leões continuaram a causar perigo com as investidas pelos corredores. Já o Boavista estacionou o autocarro atrás. Sauer, em noite de estreia pelos axadrezados, pouco pôde fazer, com a equipa tão longe da área de Renan.

Bruno Fernandes começou a ver-se mais no segundo tempo. Primeiro obrigou Bracali a duas defesas extraordinárias (uma delas com um pontapé de bicicleta). E depois, cruzou para Coates que esteve muito perto do golo. Foi ameaçando até que no fim acabou por marcar, de penalti, já nos descontos. Não festejou por respeito ao Boavista, onde fez a sua formação.

O jogo acabou com o Sporting a vencer com um 2-1 muito sofrido. Os leões regressam, assim, aos triunfos fora de casa e não deixam escapar o Braga (que venceu o dérbi minhoto) na luta pelo pódio. Já os axadrezados mantêm o 12º lugar, a três pontos da zona de despromoção.

 

 

 

 

João Dias

Natural de Coimbra, frequenta a licenciatura de Ciências da Comunicação na NOVA FCSH. É movido pelo amor à escrita e sonha concretizar essa paixão nas áreas ligadas ao desporto, cultura e atualidade. É praticante de Badminton e fã de Game of Thrones, nas horas vagas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.