Libertadores: Cruzeiro vence em Buenos Aires e deixa balneário a brilhar

O Cruzeiro deslocou-se ao reduto dos argentinos do Huracán e venceu por uma bola sem resposta, na primeira jornada do Grupo B da Taça Libertadores, com a curiosidade de a comitiva brasileira, ter deixado o balneário dos argentinos imaculado.

O único golo da partida fora apontado à passagem do minuto 30, pelo avançado Rodriguinho, que já contabiliza três golos em cinco jogos pelos mineiros.

Rodriguinho fez o golo solitário da partida e já leva três na conta pessoal

O encontro foi alvo de um caso insólito que apanhou de surpresa jogadores e equipa de arbitragem, quando aos 30 minutos do segundo tempo, o sistema de irrigação do relvado do Estádio El Palacio, fora acionado, obrigando o árbitro peruano Diego Haro a interromper a partida por alguns minutos.

O Cruzeiro com esta vitória lidera visto que, o outro encontro do grupo fora adiado para hoje, por motivo de falha eléctrica no estádio do Deportivo Lara. Os pupilos de Mano Menezes jogam a segunda jornada na próxima quarta-feira em Brasília, frente ao Deportivo Lara.

Além dos preciosos três pontos, os brasileiros deixaram uma imagem que enaltece o futebol mundial, pelo facto terem deixado o balneário que usaram, totalmente limpo. Recorde-se que esta atitude ganhou dimensão no ultimo Mundial de 2018 através da selecção do Japão, que não só limpou o balneário como também, os adeptos japoneses limparam a bancada onde estavam instalados a ver os jogos.

Guilherme Freire Coelho

Alfacinha apaixonado pela vida e dela, faz parte o futebol. Defendo-o como desporto, respeito-o pela vertente social e admiro-o como espectáculo. A bola, é mero instrumento para os artistas brilharem. Não escrevo sobre bola mas sim, sobre Futebol, sempre de forma transparente, com fair-play e....sem respeito pelo acordo ortográfico.....

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.