Fernando Chalana, “O pequeno genial”

Ficha do jogador:

Nome: Fernando Albino de Sousa Chalana

Nascimento: 10/02/1959

Localidade: Barreiro, Portugal

Altura: 1,65m

Peso : 62 Kg

Clubes: Benfica, Bordeaux, Belenenses, Estrela da Amadora


Fernando Chalana, conhecido como o “pequeno genial” na Luz e “Chalanix” nos adeptos do Bordeaux na França, jogador ímpar e que jogava para o público que pagava bilhete para o ver jogar, estamos perante o ídolo de Paulo Futre, que já várias vezes admitiu a admiração que detinha pelo craque.

Benfica 

Fernando Chalana nasceu em 1959, no Barreiro era filho de mãe e pai operários, tendo nascido num berço humilde, começou no atletismo tendo ganho um campeonato de Lisboa.

Aos 14 anos, vai aos treinos de captação da CUF, dizem-lhe que é demasiado baixo e acabou por não entrar, não desistindo vai ao rival, o Barreirense, aí é aceite e 6 jogos depois… está no Benfica.

Pelo Benfica estreou-se em 1975 com 17 anos, envergando a camisola “8”, tendo mais tarde vestido a camisola “10”, no seu ano de estreia com Mario Wilson, foi campeão senior e como junior.

Como principais caracteristicas, mostrava-se veloz, agil, criativo e de finta incomparável, tirando um.. dois… três adversários pela frente.

Chalana ” O Pequeno Génial” 

Tri campeonato 1976/77

Chalana foi o Herói do campeonato 1976/77, tendo “dado” vários pontos ao clube da Luz durante o campeonato, com golos decisivos evitando o empate 0-0 do Benfica:

Benfica 1 – 0 Académica

Porto 0 – 1 Benfica

Varzim 0 – 1 Benfica

Académica 0 – 1 Benfica

 

Decada de 80, Benfica de Erikson

Nos anos 80, foi onde Chalana junto com Toni, Shéu, Carlos Manuel, Diamantino, Néné, Bento entre outros, venceram 3 campeonatos( 1980/81, 82/83, 83/84) e 2 taças de Portugal ( 79/80, 80/81 e 82/83)

Com Erikson, que era grande admirador de Chalana, o Benfica em dois anos venceu 2 campeonatos, 1 Taça de Portugal e acabou por chegar à Final da Taça UEFA na temporada 1982/83, que ingloriamente o Benfica perdeu para o Anderlecht, tendo perdido 1-0 na Bélgica e na Luz empatou 1-1, inglóriamente não conseguiu dar a volta a final.

Dizendo Adeus a Luz em 1984, Chalana deixou para trás 9 anos de magia e de glória, onde fazia corredores pelas alas e com o número “10” das águias, espalhou talento pelos relvados da Luz.

Bordeaux

“Chalanix”

Foi transferido na temporada de 1984/85, após a sua grande prestação no Euro 84´, pela seleção portuguesa em França.

Chalana, na sua passagem pelo Bordeuax, teve 3 temporadas “gloriosas”. Juntou-se a Alain Giresse e Bernard Lacombe onde venceu :

1 Campeonato Frances 1984/85

2 Taças de França 1985/86 e 86/87

1 Supertaça Francesa 1986

Na sua passagem por França, ficou também marcada por uma excelente campanha europeia, que ficou pelas Meias Finais, frente a uma grande Juventus de Platini.

 

Na passagem pelo Bordeaux, ficou também marcado por nos quartos de final da Liga dos Campeões, ter convertido o penalti decisivo para as meias finais, com o pé… direito.

Regresso ao Benfica 

Chalana na temporada 1987/88 onde passou 3 temporadas no clube da luz, fazendo do terceiro anel a sua máxima motivação.

” Quando jogava do lado do terceiro anel, jogava melhor!” – Fernando Chalana

Já como suplente utilizado e em final de carreira, Fernando Chalana serviu de inspiração e exemplo para os mais jovens no plantel, tendo sido utilizado como simbolo máximo de mistica e glória para o restante plantel benfiquista.

Na sua segunda passagem pelo Benfica venceu:

1 Campeonato 1988/89

1 supertaça 1989

O seu regresso ao Benfica não foi tão magnifico, pela sua idade avançada e lesões que teve durante a carreira como extremo.

Final de Carreira

No final da sua carreira Chalana representou o Belenenses por uma temporada em 1990/91 e por fim no Estrela da amadora, em 1991/92.

Seleção Nacional

Pela seleção portuguesa, Chalana realizou 27 jogos e marcou 2 golos, estes números explicam-se pela baixa realização de jogos amigáveis e presença da seleção portuguesa nas fases finais, pois a Federação Portuguesa de Futebol era muito pouco profissionalizada.

Euro 1984

 

Foi na França que Fernando Chalana, mostrou o seu máximo futebol praticado e onde “selou” a sua  Transferência para o Bordeaux.

No Europeu de 1984, a seleção portuguesa estreou-se num campeonato da Europa e correspondeu com uma excelente prestação até as Meias Finais.

Num grupo dificíl com Alemanha, Espanha e Roménia, a seleção nacional passou a fase de grupos em 2ºlugar, atrás da finalista Espanha.

Portugal 0-0 Alemanha

Portugal 1-1 Espanha 

Portugal 1-0 Roménia

Meia Final, Portugal vs França

Nas Meias Finais  apesar dos 2 golos de Jordão, a França teve a sorte do jogo e eliminou a seleção portuguesa, num jogo épico e de má memória.

Nada melhor do que o depoimento do próprio Fernando Chalana, sobre o fantástico Europeu que ele e a seleção fizeram…

Portugal 2 – 3 França (Ap)

Golo Domergue, min 24´

Golo Jordão, Min 76´

Golo Jordão, min 98´

Golo Domergue, min 114

Golo Platini, min 119

 

 

Miguel Matos

Fan de futebol desde míudo, coleccionador de cromos e cadernetas, gosto especial pela história do futebol. Adepto do Benfica, Inter de Milão, Arsenal e River Plate.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.