Sporting vence Moreirense e mantém a distância para o trio da frente

O Sporting voltou hoje (19) às vitórias e venceu o Moreirense por 2-1, em casa, num jogo com muitos casos polémicos e uma exibição leonina que não agradou aos adeptos.

Depois da derrota em Tondela (2-1) e do empate em casa com o FC Porto (0-0), no fecho da primeira volta, o Sporting tinha de sair hoje de Alvalade com os 3 pontos no bolso. Ainda por cima, depois das vitórias do trio da frente, na véspera.

O arranque foi perfeito para os leões. Afinal de contas, todos nós gostamos de começar os jogos a vencer. Nani, aos 3 minutos, na sequência de um canto, desviou para inaugurar o marcador em Alvalade.

O jogo seguiu até que de repente, ao minuto 26, depois de uma bola à trave e “cinquenta” recargas, Bruno Fernandes lá conseguiu o golo. Uma autêntica bomba de pé esquerdo. Como se costuma dizer, “água mole em pedra dura, tanto bate até que fura”. O guarda-redes da equipa minhota ainda fez meia dúzia de boas defesas mas não conseguiu evitar o 2-0.

O Moreirense não se deixou ficar. Já tinham ensaiado uma e outra saída rápida antes do segundo golo, mas sempre sem eficácia no último terço. De repente, ao minuto 34, jogada rápida dos cónegos e Heriberto encosta para reduzir a desvantagem (2-1). Os leões ainda reclamaram uma grande penalidade sobre Bas Dost, momentos antes do lance que originou o golo do Moreirense. Mas… nada.

Ainda assim, diga-se de passagem, que pelo meio, Bas Dost teve uma excelente ocasião para selar o 3-0. Falhou na área. Onde não costuma falhar.

O jogo seguiu reaberto para a segunda parte.

Advertência: Se tem problemas para conseguir adormecer, recomenda-se que volte a assistir à segunda metade do jogo. Adormecerá em minutos.

Uma segunda parte muito fraca para quem gosta de ver futebol. Não se viram remates ou lances de perigos. Só quando Raphinha entrou, é que os adeptos talvez tivessem acordado. Pelo menos, ainda gritaram golo. Mas, pouco valeu. O esquerdino estava fora de jogo. Um lance que deu, pelo menos, para despertar o Estádio.

Infelizmente, não durou muito. Momentos depois, as equipas voltaram a adormecer e a entrar no mesmo ritmo até ao apito final que encerrava uma partida, em que os adeptos tiveram, de certo, imensas dificuldades para manter os olhos abertos.

O Sporting segue em quarto lugar, com 38 pontos, e continua a oito do líder, o FC Porto. O Moreirense, que sofreu a segunda derrota seguida, ocupa a sétima posição, com 28 pontos.

 

 

João Dias

Natural de Coimbra, frequenta a licenciatura de Ciências da Comunicação na NOVA FCSH. É movido pelo amor à escrita e sonha concretizar essa paixão nas áreas ligadas ao desporto, cultura e atualidade. É praticante de Badminton e fã de Game of Thrones, nas horas vagas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.