15 Curiosidades sobre a primeira volta da Liga NOS

A segunda volta da Liga NOS arranca hoje, após o fecho da primeira metade do Campeonato. Para trás, ficaram dezenas de jogos e os números dizem-nos muito. Destas partidas, são várias as ilações que podemos retirar e que certamente as equipas analisarão para a fase final do Campeonato. Na rúbrica Curiosidades desta semana, O AMBIDESTRO traz-lhe 15 curiosidades acerca do que fizeram as equipas durante os primeiros meses da Liga Portuguesa.

1 – Até agora, foram disputados 153 jogos para o Campeonato. Na primeira volta, num total de 17 jogos, foram marcados 394 golos, existindo uma média de 2,58 golos por jogo;

2 – O FC Porto é a equipa que tem mais golos marcados em casa. Os adeptos da equipa de Sérgio Conceição puderam festejar o golo em 23 ocasiões no Dragão. Segue-se o Benfica, com 22 golos marcados em casa;

3 – Feirense e Marítimo são as equipas que mais minutos demoram a marcar um golo. Ambos os conjuntos necessitam de uma média de 139 minutos para inserir a bola nas redes;

4 – O Benfica, com 37 golos marcados, tem o melhor ataque da prova. O Desp. Aves tem a pior defesa, com 31 golos sofridos. O Santa Clara é a turma que mais golos sofre no seu estádio (19);

5 – O Boavista lidera a tabela da disciplina, com 64 cartões amarelos mostrados aos jogadores da Pantera. O Tondela tem o recorde de cartolinas vermelhas (cinco);

6 – O FC Porto é a única equipa que não tem empates em casa. Sporting e Braga nunca perderam dentro de portas e o Feirense de Nuno Manta Santos é a única equipa que apenas venceu em casa uma vez;

7 – O Sporting tem o maior número de reviravoltas. Os Leões inverteram o resultado em quatro ocasiões;

8 – O Santa Clara é o conjunto com mais auto-golos a favor (três);

9 – O melhor marcador português da primeira volta foi Wilson Eduardo, com sete tiros certeiros em 17 jogos pelo SC Braga para o Campeonato;

10 – O jogador que mais assiste para golo é Pizzi, do Benfica. Foram sete as assistências realizadas pelo médio encarnado;

11 – Dyego Sousa, atacante do Braga, tem uma percentagem de 50% de influência nos golos da sua equipa;

12 – O resultado típico da prova é 1-0, tendo acontecido em 21 partidas;

13 – Sérgio Conceição tem nove vitórias consecutivas na primeira volta do Campeonato. Nuno Manta, técnico dos Fogaceiros, é o treinador que mais partidas esteve sem ganhar (15);

14 – O árbitro que mais cartões amarelos mostrou foi Luís Godinho (68), em 12 jogos;

15 – Carlos Xistra é o árbitro com mais vermelhos mostrados (três), em 11 partidas.

Dados retirados do Playmaker Stats.

Rui Casanova

Sou natural de Portalegre e resido em Lisboa, onde estudo Ciências da Comunicação na NOVA-FCSH. O Futebol está no sangue da minha família desde sempre e materializo a paixão pelo desporto rei através da escrita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.