Sub-23: Agressões entre jogadores do Cova depois da derrota em Guimarães

Troca de agressões entre jogadores, insultos ao treinador António Aparício, ao técnico dos guarda-redes… A derrota da equipa de sub-23 do Cova da Piedade frente ao Vit. Guimarães (3-5) teve duras consequências.

Os médios Yi Chen e Gonçalo Maria também se envolveram numa picardia e, ao intervalo, o jogador chinês deverá ter agredido o português, para além de ter insultado o seu treinador, António Aparício.

Ao que conta o JN, já depois da partida ter acabado, Joyce Anacoura, guarda-redes titular, destruiu parte do balneário visitante do Estádio D. Afonso Henriques. O italiano ainda tentou agredir Paulo Fernandes, responsável pelos guarda-redes piedenses.

A explicação reside no facto de os jogadores em causa terem transitado da equipa principal e por isso estão revoltados com a “despromoção” para os Sub-23, de acordo com outra fonte próxima da equipa. Com isso, os maus resultados só têm ajudado ao terrível ambiente que se vive internamente.

O clube de Almada já reagiu oficialmente e desmente todos estes factos através do team manager André Sabino com um SMS enviado ao JN.

“A SAD desmente, por este meio e de forma escrita qualquer situação relativa ao jogo dos Sub-23 como as que relatou”.

Ricardo Oliveira

Oriundo da mesma terra do melhor jogador do mundo, a paixão pelo futebol não podia ser maior. Licenciado em Ciências da Comunicação na FCSH, gosta de escrever e está sempre de braços abertos a novos projetos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.