O avançado que acusou a própria equipa de corrupção

Não é um caso comum. A verdade é que Victor Anichebe, nigeriano que já passou pelo Everton, pelo Sunderland e pelo West Brom, denunciou à FIFA uma prática de corrupção praticada pelo próprio clube, o Beijing Enterprises.

O atleta nigeriano de 30 anos diz que recebeu indicações do diretor desportivo do seu clube para travar todas as situações de ataque. O avançado recusou e acabou por relegado para o banco.

O caso está a ser tratado pela Federação Chinesa que, desde 2013, já baniu um total de 58 entidades desportivas, desde jogadores a dirigentes.

Ricardo Oliveira

Oriundo da mesma terra do melhor jogador do mundo, a paixão pelo futebol não podia ser maior. Atualmente a tirar a licenciatura em Ciências da Comunicação na FCSH, gosta de escrever e está sempre de braços abertos a novos projetos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.