Não interessa o investimento, o resultado foi o mesmo

Face à última época, Liverpool começou a nova temporada replicando o domínio ofensivo e o West Ham as debilidades defensivas. 4-0 foi o resultado final do jogo decorrido em Anfield, com golos de Salah, Sturridge e um bis de Mané.

Nos últimos quatro encontros, os Hammers sofreram 14 golos contra o Liverpool. E mesmo com um investimento a rondar os 100 milhões de euros para esta época, a pior defesa da BPL passada honrou esse registo. Os hammers jogaram com os reforços Wilshere, Balbuena, Fredericks, Fabianksi e Felipe Anderson, com destaque positivo para o último. Do lado do Liverpool, a equipa que mais gastou este defeso, jogaram Naby Keita e Alisson.

A acutilância ofensiva do Liverpool de Klopp prevaleceu sobre a renovada defesa de Pellegrini. Salah marcou primeiro aos 19 minutos, numa finalização fácil a passe de Robertson. Facilidades essas que se repetiram no segundo golo dos vice-campeões ingleses, marcado por Mané de baliza aberta. No início da segunda parte, o mesmo suspeito voltou a marcar com um forte remate. Fabianski pouco podia fazer. E como se a estreia do West Ham não estivesse já estragada, Welbeck ainda marcou o 4-0 na sequência dum canto aos 88 minutos.

Com este jogo percebe-se uma coisa: uma equipa com ideia de jogo consolidada irá quase sempre prevalecer-se a outra cuja equipa técnica e jogadores ainda procuram o melhor entendimento. Mesmo que se gaste 100 milhões de euros.

David Silva

Lourinhanense de gema, é estudante de Ciências da Comunicação na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas. Tem como hobby a escrita, e como paixão o futebol.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.