Gonçalo Tavares fez golo para recordar e Rafa Santos segurou vitória do Oriental no Algarve

O guardião do Clube Oriental de Lisboa que fora alvo da rubrica “Entrevistas Ambidestro” no ano passado, regressou ontem aos postes, contribuindo assim, para a vitória do emblema alfacinha na deslocação a Armação de Pêra. Os visitantes venceram por um golo sem resposta, o Armacenenses. O jovem Gonçalo Tavares (emprestado pelo CF Os Belenenses), foi o autor do golo dos orientalistas.

 

GONÇALO TAVARES

 

Os pupilos de António Pereira foram sempre donos do jogo e apesar de ao inicio da segunda metade do encontro, terem ficado reduzidos a dez jogadores, fruto da expulsão de João Vicente aos 47′ por acumulação de amarelos, em nada imiscuiu a bravura dos homens de grená. O golo dos visitantes fora apontado por Gonçalo Tavares à passagem do minuto 81, num rasgo de inspiração tendo o vento como aliado, o jovem defesa sobre a zona do meio campo, desferiu um remate que só parou com a bola dentro das redes. Já Rafa Santos, o guardião internacional brasileiro, teve nas suas luvas, um contributo capital para o amealhar dos três pontos do clube da zona oriental de Lisboa. Rafa num lance difícil, perante um cruzamento rasteiro, saiu destemido sobre os pés do adversário e negou assim, o golo dos locais.

O histórico clube lisboeta soma 45 pontos e ocupa a quarta posição da tabela classificativa a seis pontos de alcançar um lugar (segunda posição), no “play off” de acesso à promoção de escalão, esgrimindo argumentos nessa ocasião, com os três melhores emblemas das cinco séries.

 

A seis jornadas do final, são seis as equipas que ainda podem aspirar à subida de divisão:

1º ClassificadoFarense com 65 pontos;

2º Olhanense 51 pontos

3º Casa Pia 47

4º Oriental 45

5º Pinhalnovense 42

6º Armacenenses 35

Guilherme Freire Coelho

Alfacinha apaixonado pela vida e dela, faz parte o futebol. Defendo-o como desporto, respeito-o pela vertente social e admiro-o como espectáculo. A bola, é mero instrumento para os artistas brilharem. Não escrevo sobre bola mas sim, sobre Futebol, sempre de forma transparente e com fair-play.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.