Liga Europa: Östersunds FK, a surpresa sueca

Com mais uma jornada europeia em vista, damos destaque a uma equipa que conseguiu surpreender na sua estreia na Liga Europa. Falamos do Östersunds FK da Suécia.

Emblema do Östersunds
FK, clube fundado em 1996

O clube sueco, fundado em 1996, esteve grande parte da sua história no terceiro escalão do país e em 201o foi mesmo relegado, pela primeira (e até agora única) vez, para a quarta divisão sueca. O ano seguinte, no entanto, acabaria por ser o ano da reviravolta e do começo da ascensão do clube até ao primeiro escalão.

Em 2011 conseguiu ser promovido para o terceiro escalão e conseguiu uma segunda promoção consecutiva em 2012 para a segunda divisão. A ascensão para o principal escalão viria a levar algum tempo, com o clube a permanecer três anos no segundo.

No ano de 2015, conseguiu a promoção histórica para a primeira divisão, conhecida por Allsvenskan, onde em duas edições obteve um 8º e um 5º lugar.

No presente ano de 2017, conquistou a Taça Sueca de Futebol ao bater por 4-1 o IFK Norrköping  na final, apurando-se para a Liga Europa.

O percurso europeu iniciou-se ainda na segunda ronda de qualificação. Etapa que parecia, à partida, impossível de ultrapassar por lhe ter calhado o Galatasaray no sorteio. Após surpreendente vitória contra o gigante turco por 2-0 em casa, seguiu-se um empate a uma bola na Turquia e o clube seguiu em frente.

Jogadores do Östersunds festejam um golo contra o Galatasaray, em Julho, na partida a contar para a segunda ronda de qualificação para a Liga Europa

Na terceira ronda, teve pela frente, o Fola Esch (clube luxemburguês). Uma vitória por 1-0 em casa e 2-1 foram suficientes para selarem o apuramento para o play-off.

O PAOK da Grécia foi o adversário que se seguiu. A uma derrota por 3-1 na Grécia, seguiu-se uma vitória por 2-0 no próprio reduto e o clube avançou para a fase de grupos pelo factor de golos fora.

O sorteio parecia não ser simpático para o clube com Athletic Bilbao (Espanha), Hertha de Berlim (Alemanha) e Zorya Luhansk (Ucrânia) a serem sorteados para o grupo J, grupo do Östersunds.

No entanto, decorridas cinco jornadas e a uma de encerrar a fase de grupos, com três vitórias, um empate e uma derrota, o Östersunds arrecadou 10 pontos e foi a primeira equipa do grupo J a conseguir qualificar-se para a fase a eliminar. Com os alemães do Hertha fora da competição, resta ao Bilbao (8 pontos) e ao Zorya (6 pontos) disputar a vaga que sobra.

A equipa do Östersunds celebra a sua passagem à fase a eliminar na partida ante o Zorya Luhansk

Da segunda ronda de qualificação à fase eliminar, a história do Östersunds na sua estreia na Liga Europa é, no mínimo, surpreendente. Parece um capítulo, se assim podemos dizer, saído de um videojogo. Resta saber o que terá este Östersunds a dar para esta campanha da Liga Europa.

Independentemente de tudo o que possa vir a acontecer , o clube já brilhou na sua estreia nas competições europeias.

André Fernandes

Licenciado em Ciências da Comunicação pela FCSH/NOVA. Madeirense, adepto de futebol e da escrita, marcar golos na vida e chegar o mais longe possível é um dos meus objetivos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.