Sporting vs Benfica – As chaves para o dérbi

A bola vai rolar, hoje, a partir das 20h:30m, no Estádio José Alvalade, num dérbi que promete ser de intensidade acrescida, uma vez que está em causa não só a habitual rivalidade, mas também três dos fundamentais 15 pontos que faltam disputar até ao fim do campeonato.
Para estes 90 minutos vai entrar um Sporting a jogar em casa sem conhecer o sabor da derrota desde que jogou no Estádio do Dragão com o FC Porto (2-1), a 4 de fevereiro, e que tem apresentado uma máquina ofensiva bem oleada desde então. Do lado visitante, o SL Benfica promete vir determinado e motivado em manter a extensão da vantagem (para três pontos) que obteve na jornada passada face ao deslize do FC Porto em Braga. Benfica este que, para o campeonato nacional, não perde desde 30 de janeiro (V. Setúbal 1-0 SL Benfica), apenas concedendo dois empates nas jornadas seguintes.
Vejamos agora o que a experiência dos veteranos e a irreverência dos jovens talentos podem trazer a este dérbi.

Luisão, 36 anos

Embora a sua idade e as opções no banco dos encarnados (Jardel e Lisando) possam dar aso a alguma contestação à sua titularidade, a verdade é que quando Luisão entra em campo na força máxima faz com que se sinta remorsos por se ter duvidado das suas capacidades, pelo menos para os jogos em que assim entra.

Os mais de 500 encontros ao serviço das águias não enganam!!! Num jogo em que os nervos e os ânimos têm tudo para estar à flor da pele, a experiência e a gestão emocional que dela advêm podem ser determinantes, principalmente quando se fala em travar um ataque que conta com Gelson Martins ou Bas Dost, sério candidato à Bota de Ouro.

 

Adrien Silva, 28 anos

Adrien é o patrão do meio-campo leonino. A sua experiência e qualidade de passe aliadas à capacidade de ligar o meio campo ao ataque fazem do internacional português um jogador determinante na equipa de Jorge Jesus.
Embora a equipa não se tenha ressentido muito da segunda lesão que o jogador contraiu esta época, a verdade é que a primeira lesão deixou marcas evidentes da sua importância em campo. Nesse período, os leões não obtiveram qualquer vitória, até mesmo nos dois jogos imediatamente antes e depois da lesão, em que jogou apenas alguns minutos. De qualquer maneira, o capitão está de volta bem a tempo do dérbi e promete “comandar” um Sporting na sua máxima força.

 

Ederson Moraes, 23 anos

Tendo em conta as suas performances esta época, Ederson Moraes poderia dispensar qualquer explicação para a sua potencial relevância num jogo como este. O guardião das redes encarnadas foi várias vezes um dos heróis dos 71 pontos alcançados ao longo desta temporada e continua a surpreender pela positiva vendo o seu talento reconhecido à escala europeia.
Num total de 29 jogos, concedeu apenas 14 golos, sendo o guarda-redes menos batido do campeonato, a par do veterano Iker Casillas, do FC Porto.

Bas Dost, 27 anos

Apesar de novo na equipa do Sporting e no futebol português, experiência é coisa que não falta a Bas Dost quando a tarefa é introduzir a bola dentro das redes da baliza adversária. Já o fez 28 vezes esta época, uma delas frente ao Benfica, na Luz, e está apenas a um golo de Leo Messi, primeiro classificado na corrida à Bota de Ouro.
É também o melhor marcador do campeonato com uma vantagem de 10 golos face ao segundo posicionado, Tiquinho Soares (FC Porto). O avançado holandês torna-se, assim, alvo das mais elevadas expectativas para o seu papel em representação dos leões de Jorge Jesus neste dérbi.

Konstantinos Mitroglou, 29 anos

Com Jonas em dúvida, ainda que convocado, parece que a grande figura do ataque será mesmo Konstantinos Mitroglou, ele que é o melhor marcador do plantel encarnado neste campeonato e o autor do golo que deu a vitória sobre o Sporting na época passada.
Ainda que sendo apenas a segunda temporada ao serviço do clube das águias, Mitroglou já provou que a sua experiência na frente pode fazer a diferença em jogos de elevada importância e dificuldade. Dele se espera, acima de tudo, o habitual “saber estar no sítio certo à hora certa”, para colocar a bola no fundo das redes.

Gelson Martins, 21 anos

Gelson Martins é, indiscutivelmente, dos jovens talentos não só do Sporting, mas do futebol português, aquele que mais promete e tem sido, desde o início da época, uma peça chave no sistema de jogo implementado por Jorge Jesus.
À semelhança daquilo que se esperava para o dérbi da primeira mão, o Benfica vai ter de lidar com um Gelson plenamente capaz de desequilibrar por completo a defesa encarnada pela ala direita com a sua qualidade na velocidade e no drible. Porém, o maior perigo vai estar mesmo na forma como Gelson vai aliar a sua capacidade de criação de oportunidades à veia goleadora de Bas Dost.

Cámi Rodrigues

Licenciado em Ciências da Comunicação pela Universidade Nova de Lisboa e Mestre em International Management pela Nova School of Business and Economics. 23 anos e residente na Amadora. Mais conhecido por Cámi.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.